O Consumo do sal

O brasileiro tem optado cada vez mais por alimentos salgados. Os alimentos contêm sódio naturalmente, porém, o maior problema é que grande parte dos produtos industrializados são riquíssimos em sódio e contribuem para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e hipertensão (pressão alta).

31222c7a9899e50580c2438a689d7b8b

Quando o organismo recebe muito sal, passa a reter mais líquido para lidar com essa sobrecarga recebida. Isso aumenta o volume de sangue das artérias e pode provocar hipertensão.

Segundo o Ministério da Saúde, o máximo de sal recomendado para indivíduos saudáveis é de 5 g ao dia (2.000 mg de sódio). Você sabe qual é a média de consumo diário de sal pelos brasileiros? 10 gramas! Simplesmente o dobro.

É necessário desconstruir a ideia de que é o sal que dá sabor aos alimentos. O que tempera o alimento são os temperos frescos como alho, cebola, salsinha, salsa, coentro, cebolinha, manjericão, alecrim e muitos outros. São excelentes e além de dar sabor, ajudam a expulsar as toxinas do corpo.

Too Much Salt on Food --- Image by © Stanley Fellerman/Corbis

Ao temperar alimentos como carnes, saladas, feijão e arroz, prefira utilizar sal em pequenas quantidades e escolha o sal marinho ou o sal do Himalaia, que contêm bons nutrientes e possuem menos sódio.

Fuja de temperos prontos, pois são ricos em sódio e outras substâncias que contribuem para o desenvolvimento de doenças.

 

Texto: elaborado por Thainá Queiroz, nutricionista da Natue, e revisado por Michele Prado.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *